image1 image2 image3

ALL THE WORLD|WELCOME

Falácias: Os filhos do embaixador

Noticia daqui, polémica dali, especulação de acolá, um rapaz em coma, um embaixador, dois gémeos... e uma entrevista dada à SIC Noticias na qual estes últimos se intitulam de vitimas.
Não valerá, de todo, a pena relatar os acontecimentos uma vez que há mais de três dias que se fala do mesmo em reportagens atrás de reportagens.
Eis que então girava o disco e tocava o mesmo até que os dois suspeitos, supostamente desaparecidos até então, decidem dar o ar da sua graça com um discurso singelo e modesto. Ou quase. Numa retórica de chá das 5, estes dois residentes em Portugal dizem-se vitimas das nossas circunstâncias, isto é, o país e as suas práticas é que estão mal, daí ser tão frequente este tipo de incidentes...dizem eles. Após uns 40seg de discurso que foi dispensado a culpar Portugal pelo sucedido, mostram a sua modéstia referindo que não se consideram acima da lei, uma vez que respeitaram os procedimentos policiais enfatizando que embora não o tivessem de fazer, dada a sua imunidade. Mas a modéstia não pára por aqui, aquando questionados sobre uma especulada saída de Portugal, mostram-se indignados com o excesso de manipulação dos media (do qual eu concordo, não fossemos todos andar à volta de um assunto sem sequer sabermos os verdadeiros motivos por trás de tudo isto) e referem ainda que todos lutam para que o Ruben fique bem. "Bem", uma vez que está desfigurado e em coma.
Sem duvida que este minuto e vinte e três segundos disponibilizados no site da SIC, merecem a nossa reflexão. Estes dois jovens assumem as agressões, no entanto culpam o álcool e as dinâmicas de grupo portuguesas, algo que daria para comer e calar se fossemos seres acéfalos. Uma vez que não o somos, será fácil de chegar à conclusão que antes dos efeitos do álcool está a decisão de o beber e agredir uma pessoa ao ponto de a desfigurar é algo que transcende um nadinha as dinâmicas de grupo de uma civilização mais ou menos normal. Mas deixe-se enganar quem quiser.
Por fim, resta-me só salvaguardar que não analiso esta entrevista com a intenção de os julgar, isso cabe a quem estudou para tal. E dizer também que aguardo os próximos capítulos da novela, parece-me que chegam hoje pela hora do jantar com o resto da entrevista. Aguardemos.

http://sicnoticias.sapo.pt/pais/2016-08-22-Filhos-do-embaixador-do-Iraque-falam-a-SIC

Share this:

CONVERSATION

0 comentários:

Enviar um comentário